sábado, 19 de julho de 2008

Uniforme...

O uniforme é muito importante em uma apresentação, pois mostra todo o glamour da banda ou fanfarra, sendo que a beleza do uniforme pouco conta na hora do julgamento. Em um julgamento o importante é ter igualdade em todo o grupo, tanto como o corpo coreográfico, como a baliza, o mór e o corpo instrumental. Os pequenos detalhes são importantes e devem ser cuidados.

Para mais informações sobre uniformes, visite o site: http://www.jomal.com.br/bandas_e_fanfarras.html


Apresentações...

Aqui algumas apresentações da Fanfarra Municipal de Lacerdópolis...
video

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Julgamento da Baliza...

O primeiro passo de uma baliza é ler o regulamento da competição e ver em quais quesitos será avaliada e como será avaliada. O grande problema encontrado nas balizas é que apenas começam a montar a coreografia sem ter nada a ver com os critérios exigidos, ou acabam dançando demais ou fazem muitas acrobacias e esqueçem da real função da mesma.

Uma baliza é avaliada nos segiuntes critérios e ordem: Coreografia, Movimentos Acrobáticos, Uniforme e Garbo, Dança e Elementos. A Coreografia, consta no espaço utilizado para os movimentos, se os mesmos estão de acordo com o som dos instrumentos musicais e criatividade nos movimentos. Os Movimentos Acrobáticos, são avaliados conforme a Ginástica Rítmica, acrobacias bem feitas e criatividade na realização das mesmas. Uniforme e Garbo, a belezado uniforme não conta, mas é claro que ajuda e muito, o importante é ter uma roupa que lhe dê facilidade nos movimentos e não atrapalhe na execução dos materiais. Dança e Elementos, são baseados na Ginástica Rítmica Desportiva - GRD, utilizando todos os materias, como corda, massas, fita, bola, arco e bastão.

Eu sempre achei maravilhoso a dança com a fita, porém acho que seja um dos materiais mais complicados de lidar. Todos os materiais na verdade me facinam, e unindo com a dança e o som criado pelas batidas do tambor não tem como não atrair a atenção do público para você. ainda mais se a dança for interpretada com raça, com vontade e principalmente amor pelo que você está fazendo. A Baliza está ali para mostrar sua Fanfarra e encantar a quem olha.


Raça, garra e determinação...

Somos heróis de carne, osso e alma. Vencemos todas as lutas, pois possuímos uma perseverança incomum. Enfrentamos todos os perigos, para trazermos conosco uma fé inabalável. Consegiumos todos os objetivos para isso procurarmos a luz no fim do túnel.

Somos dinâmicos na busca de nossos ideais, por isso chegamos sempre à frente, Lutamos por novos caminhos, por isso, nada nos supera.

Treinamos com maior garra, tivemos suando qual fosse o tempo. Através da força e da dor mergulhamos em direção da vitória. Podemos ser chamados de alquimistas, por transformar suor em ouro, ou até mesmo de gladiadores,pois lutamos atéo fim, além de místicos, pois possuímos força além do normal.

Temos sonhos e perspectivas, confiamos em nossas próprias mãos, no suor que corre em nossos rostos. Nós somos heróis que lutamos, competimos e superamos a nós mesmos. Quando entramos dentro de quadra nada é impossível para nós, lá dentro nos tornamos especiais. Diante de tudo isso percebemos que temos uma capacidade muito grande, basta usarmos nossa alto-suficiência e exibir com orgulho: NÓS AMAMOS FANFARRA...


Com esse texto gostaria de mostrar um pouco à vocês o quanto a Fanfarra e ser Baliza é importante para mim. Gosto muito do que faço, e sinto por hoje não estar mais dançando, tudo o que faço, é com muito amor e dedicação, sendo que isso foi muito importante na minha vida.

O Início



Desde criança sempre gostei de dançar, e sempre participei de competições de dança. Em 1998 entrei para a Fanfarra Municipal de Lacerdópolis, município pequeno localizado no Meio-Oeste Catarinense. Com apenas 60 integrantes a pequena Fanfarra iniciava sua grandiosa jornada.

Inicialmente entrei para o Corpo Coreográfico, onde durante um ano treinamos para o nosso primeiro concurso que se realizaria em 1999 na cidade de Itapema - SC. Era o Estadual de Bandas e Fanfarras, estavamos muito empolgados e confiantes no que iriamos apresentar. Resultado: Primeiro lugar com Mór, Baliza e Fanfarra, apenas o Corpo Coreográfico ficou em segundo lugar. Quando voltamos para nossa cidade, todos pararam para nos receber, assim todos na região começaram a conhecer a Fanfarra Municipal de Lacerdópolis.


O grupo começou a aumentar, e onde no inicío eram 60 integrantes, naquele dia passavam dos 80. No ano de 2002, a nossa Baliza resolveu deixar seu posto, foi ai que me fizeram convite para ser a nova Baliza da Fanfarra Municipal de Lacerdópolis.


Como sempre amei dança aceitei e me dediquei de corpo e alma. Mas o primeiro passo que eu teria que entender seria o verdadeiro papel da Baliza, que não é apenas aquela pessoa que vai à frente da Fanfarra ou Banda, girando o bastão, fazendo evoluções e acrobacias. A Baliza está ali para apresentar a Sua Fanfarra/Banda para o público, com graciosidade e perfeição nos movimentos, dando vida a dança interpretada pelo toque dos instrumentos musicais.